Último de 2014.

Pois é!
Enfim chegamos ao último mês do ano. Como uma tradição, muitos reclamam do ano. Claro que 2014 não foi um dos anos mais fáceis para o mundo no geral. Muita gente cumpriu sua missão e deixou muitos outros com saudade. Aconteceram coisas boas e ruins. Mas no geral, para mim, o ano de 2014 foi muito bom!

Comecei um emprego novo na minha área, e mesmo que não tenha sido apenas flores no final, conheci pessoas, me manteve ocupada e pagou as minhas contas. Hoje eu trabalho num lugar que sinto muito carinho. Tanto pela empresa como para os meus colegas de trabalho, muitos deles já amigos. Finalmente achei um lugar que me vejo crescendo e passando alguns anos da minha vida trabalhando. Posso dizer que o ano de 2014 está sendo o ano de oportunidades e sucesso profissional.

Já não posso dizer o mesmo dos relacionamentos… tanto amorosos como as amizades. Cheguei a entrar num conflito desesperador, ao ponto de querer apagar todas as minhas amizades. Estranho, né? Mas aconteceu. Depois de uma boa conversa está tudo resolvido, ainda bem!

Atualmente estou tentando aproveitar melhor a minha rotina. Sair da inércia de “Dormir – Trabalho – Dormir”. Claro que nos dias mais pesados, acabo dormindo sem dó, mesmo. O corpo não aguenta por mais que a mente queira fazer algo. Preciso organizar cada passo no papel, do contrário, nada é realizado e eu fico triste por ter perdido a oportunidade… Organização é a palavra. Ainda estou no processo de adaptação então, nem eu mesma sei como será esse amanhã.

Procuro pequenas atividades que me tragam algum prazer. Possuo uma composteira desde abril deste ano, mas confesso que a abandonei por um tempo… Felizmente, as minhocas estão vivas. Transformei a composteira em horta. Plantei capim limão, morango e uma couve. Claro que a couve não existe mais por causa dos animais da casa… O capim está plantado, mas suas folhas não conseguem atingir mais que 30 cm. Estou pensando em tornar as outras duas caixas da composteira em um jardim com suculentas! Nenhum animal vai comer as plantas e terei um jardim lindinho pra cuidar!

No momento, estou feliz comigo mesma. Não sei se adquiri um pouco mais de confiança, não sei se algo está ajudando na minha auto estima, mas estou curtindo a Camila do momento. Quero melhorar mais, sempre! Mas vou curtir um pouco do presente (: